Quanto custa imigrar para o Canadá?


Imigrar não é barato e isso assusta muita gente. Os custos são necessários para o processo e você começa a gastar antes, durante e depois. Hoje vou falar sobre esse custo, o alto custo da imigração através do Express Entry a partir da nossa situação, vale lembrar que quando você for começar o seu processo esses valores podem não ser mais os mesmos.

Antes de tudo, é necessário saber o que é o Express Entry e como ele funciona, caso contrário, você não entenderá que custos são esses e como eles se encaixam ao longo do processo. Recomendo que você comece lendo esse post e esse também.

Então vamos aos custos!  

IELTS

Antes de criar o seu perfil no Express Entry, a primeira coisa que deve ser feita é a prova do IELTS – que é um teste de proficiência do Inglês reconhecido internacionalmente. O primeiro teste pagamos R$ 700, mas depois o valor foi para R$ 800 e atualmente ele é R$ 840. Para verificar as datas das provas, locais e valores atuais clique aqui.
Geralmente é ideal que o casal faça o teste, para assim aumentar os pontos no EE, mas no nosso caso só o meu esposo realizou a prova. Como nós moramos em São Paulo, que é um dos locais onde a prova é aplicada, não tivemos gasto com passagem e hospedagem, mas se você mora em uma cidade onde não há aplicação da prova, lembre-se de incluir esses valores em seu orçamento.
Buscando aumentar a nota cada vez mais, ele acabou fazendo a prova três vezes somando R$ 2.300,00. Antes da segunda prova ele optou por fazer um curso preparatório para pegar algumas técnicas e dicas, com isso gastamos R$ 1.584,00. Na última prova, tentando aumentar meio ponto em uma nota ele solicitou um remark, ou seja, mais R$ 380.
Totalizando neste quesito R$ 4.264,00.

ECA Report | WES

Como todo ponto sempre é bem-vindo, optamos por fazer a equivalência do diploma de nós dois como falei nesse post aqui. Como a empresa mais conhecida pelos brasileiros é o WES, nós optamos por fazer com eles
No WES o custo foi de CAD$ 200,00 para cada um, ou seja, CAD$ 400,00 aproximadamente R$ 1.032,00.
Além disso, para enviar esses documentos para equivalência foi necessário fazer a tradução juramentada de alguns documentos de nós dois como: diploma da graduação e pós-graduação, histórico da graduação e pós-graduação e no meu caso também da certidão de casamento (por conta da alteração do meu nome).
Então foram 4 diplomas, 4 históricos e 1 certidão de casamento que totalizou: R$ 1.000,00 (mil reais) 
Aqui também gastamos R$ 200,00 com os Correios para o envio da documentação.

Total ECA: R$ 2.232,00 
  • ADICIONAL – NBPNP – Processo provincial NB
Quase dois anos depois de fazer o ECA tivemos um gasto extra, pois para o processo provincial de New Brunswick, era necessário comprovar que já tínhamos feito a equivalência do diploma. Portanto, pagamos uma taxa de CAD$ 75,71 por pessoa no site no WES, ou seja, CAD$ 151,42 o equivalente a R$ 390,66 para emissão dessa comprovação.

TRADUÇÃO

O custo com tradução é um dos mais altos, no entanto vale lembrar que ele não foi feito de uma só vez e eu encontrei uma tradutora com preços bem acessíveis. A primeira remessa foi justamente para o WES que custou mil reais, e eu não vou inserir aqui, pois já somei no tópico acima. As demais remessas de documentos incluíram, carta dos empregadores, carta do banco, extratos bancários para comprovação de fundos, antecedentes criminais, certidão de nascimento, RG, e etc. 
Nosso gasto com essa segunda leva de traduções foi de R$ 1.667,50. 
(Caso queira o contato da tradutora envie um e-mail para dicasdanay4u@gmail.com)

TAXA DE PROCESSAMENTO NEW BRUNSWICK

Não sei se você sabe, mas nosso processo de imigração começou através do processo provincial de New Brunswick, falo mais sobre isso nesse post aqui e aqui.
Para que eles pudessem analisar o nosso processo, logo após a nomeação que recebemos, foi preciso o pagamento de uma taxa no valor de CAD$ 250, o equivalente a R$ 709,00 de acordo com a fatura do cartão. Como esse processo não é feito on-line foi necessário enviar todos os documentos solicitados via Correios e isso custou R$ 116,00. Totalizando aqui R$ 825,00.
Só após a análise desses documentos que enviamos (originais, cópias e traduções juramentadas) foi que recebemos o ITA no Express Entry, portanto ele entra como um gasto de imigração para nós.

EXAMES MÉDICOS

Fizemos um post sobre os nossos exames médicos e você pode ler mais sobre esse assunto de maneira detalhada. Mas, resumidamente, os nossos exames foram feitos em São Paulo em dezembro de 2017, passamos primeiro por uma consulta e logo em seguida realizamos os exames. No total gastamos: R$ 1.226,72.

ANTECEDENTES CRIMINAIS FBI

Este tópico só vai servir para você caso também tenha vivido nos EUA (ou em qualquer outro país sem ser o seu) por mais de 6 meses seguidos após os seus 18 anos, como foi o caso do meu esposo. Leia mais sobre isso aqui.
A imigração Canadense pede que você apresente antecedentes criminais de todos os países que você viveu por mais de 6 meses. Portanto, ele precisou emitir esse atestado que custa atualmente 18 dólares americanos. Em seguida é necessário enviar uma folha com as suas digitais, mas, como estava demorando muito, enviamos três vezes que somando com os Correios + o valor disso tudo deu R$ 367,15.

TAXAS CONSULARES

Existem duas taxas estipuladas pelo governo canadense para o Express Entry. A primeira é a taxa de processamento de documento, que é o que você paga para que eles analisem os documentos que você enviou. Custa CAD$ 550 por pessoa. Como somos dois CAD$ 1.100.
A segunda taxa é a de emissão do visto. Você pode pagar as duas juntas ou pode pagar depois quando o CIC solicitar. Nós optamos por pagar logo, e ela custou CAD$ 490 por pessoa, ou seja CAD$ 980 para nós dois.
Na fatura do cartão somado aos impostos isso totalizou em R$ 5.800,00.

ENVIO DOS PASSAPORTES

Depois de toda espera e de todo processo burocrático essa é a melhor parte. Levamos nossos passaportes ao VAC e pagamos duas taxas: 1- transmissão segura do passaporte para o consulado que custou R$ 67.55 para cada passaporte e 2- courier expresso: R$ 32.10. Além disso, tiveram as fotos R$ 24.10. Isso soma mais R$ 233,10 aos custos.

CUSTOS TOTAIS

De acordo com o que descrevi acima os nossos gastos totais foram de R$ 17.006,13. Tudo isso e ainda nem saímos do Brasil e o detalhe: todo o dinheiro (exceto a parte dos envios de passaporte) foram gastos sem ter absolutamente nada de concreto, nenhuma garantia de NADA! E o outro detalhe é que ainda não acabou!!

É SÉRIO, NAY?

Sim, é seríssimo! Fora tudo que já foi dito, ainda tem os gastos com passagem aérea, seguro viagem - até poder tirar a carteirinha de acesso à saúde de lá, moradia temporária - enquanto não se tem um trabalho por lá.... Some também a tudo isso mais CAD$ 15.531, (+ou- R$ 40.225,29) que é o mínimo exigido pelo governo canadense para que um casal possa imigrar para lá. (Lembrando que você pode ter mais que isso, mas menos não).

Se você se assustou ao ver o valor que foi gasto, e também o valor que é obrigatório apresentar, eu peço que você não desanime, pois nós também não tínhamos esse dinheiro quando começamos o nosso processo. Como eu disse antes, esses gastos foram feitos ao longo da nossa jornada, que começou em 2015. 

Aconselho você a ir fazendo as traduções aos poucos e claro, economizando cada centavo, deixando de fazer algumas viagens e de comer naquele restaurante que você adora... Nós fizemos várias economias, no que diz respeito a isso, para poder pagar cada item mencionado acima. Os amigos vão te chamar para sair, vão insistir para você participar daquele amigo secreto que “custa só R$ 50,00” mas, só você vai saber o quanto aqueles R$ 50,00 já servem para pagar uma tradução. Muita gente não vai entender esse seu “momento pindaíba”, principalmente se você, assim como nós, não contou para ninguém (exceto pai e mãe) o seu plano de imigrar. Ninguém vai entender, então deixe que pensem o que quiserem, mas no fim você vai ver que valeu a pena, e MUITO! 

Espero que você tenha gostado do post, que você possa se planejar e economizar bastante para realizar esse sonho de imigrar para o Canadá. 

Ah, e não esqueça de seguir as nossas redes sociais! 😍 

Se você esta vindo pra MONCTON e precisa de um lugar temporário entre em contato comigo que eu tenho o lugar ideal pra você, bem localizado e pertinho da NBCC.

Até a próxima! =)

4 comentários:

  1. Que bom que gostou!! Obrigada pelo comentário :)

    ResponderExcluir
  2. o processo provincial está fechado... poxa queria fazê-lo...
    Vcs precisam ficar um tempo nesta província? vcs já conseguiram trabalho?
    vou com meu filho sabe dizer quanto mais preciso além dos 40000,00?
    vc conhece assistente social ai? queria saber sobre o órgão que regulamenta a profissão...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O processo provincial requer alguns requisitos, tem um post aqui explicando. Sim quando você imigra através de uma província você assina um termo se comprometendo a viver nessa província, mesmo se não tivesse o termo a gente não tem nenhum plano de sair daqui pois é um ótimo lugar. Quanto a valor, existe uma tabela do governo, dependendo de quantas pessoas vão imigrar o valor muda, além disso é sempre bom olhar a tabela, pois os valores podem mudar, além disso quanto mais dinheiro você apresentar é melhor.
      Não conheço assistente social, teria que da uma olhada mesmo.

      Excluir

Lembre-se de clicar em (X) Notifique-me para ser avisado assim que o seu comentário for respondido.